Furacão Irma e terremoto na América Central: Equipes de Resposta Emergencial da Aldeias Infantis SOS em ação

Equipes têm como objetivo garantir a proteção e segurança de crianças, adolescentes, jovens e suas famílias

Furacao-Irma-terremoto-America-Central-001.jpg

O furacão Irma passou pelo Caribe e pelos Estados Unidos, alcançando a categoria 5 e sendo registrado como um dos mais fortes da história no Oceano Atlântico. Em seu caminho, o furacão passou pela República Dominicana, pelo Haiti e pela Flórida - locais onde a Aldeias Infantis SOS tem programas de apoio a crianças, adolescentes, jovens e famílias de comunidades vulneráveis.
 
Dada a intensidade do fenômeno, a equipe de atendimento emergencial da Aldeias Infantis SOS Internacional se preparou para garantir a segurança de crianças e famílias antes e depois do furacão. As casas tiveram suas infraestruturas reforçadas e foram abastecidas com alimentos, água e outras necessidades básicas, como baterias, lanternas e rádios.

Felizmente, todas as famílias apoiadas pela organização no Haiti e na República Dominicana estão seguras. As equipes dos dois países ativaram planos de emergência e ações coordenadas com organizações humanitárias e governos locais.

Nos Estados Unidos, crianças, famílias e membros da equipe do programa de Coconut Creek foram evacuados para um local mais seguro. Assim que possível, a equipe da organização avaliará a existência de danos no bairro com a esperança de que as famílias possam retornar às suas casas. 

No México e na Guatemala, países afetados por um terremoto de magnitude 8.1 na costa do Pacífico na última quinta-feira, 7 de setembro, todas as crianças, famílias e colaboradores da Aldeias Infantis SOS estão em segurança. As equipes de resposta emergencial estão avaliando a situação e fornecerão atualizações à medida que mais informações estiverem disponíveis.

Presente em 135 países e territórios, a Aldeias Infantis SOS trabalha para garantir os direitos de crianças, adolescentes e jovens, em especial o direito de viver em família. Com presença de longa data e de confiança nas comunidades locais, apoiamos de forma rápida e eficaz crianças e suas famílias afetadas por crises. Desde 1988, já gerenciamos 140 programas de resposta de emergência em mais de 60 países.