Casa Azul apoiará crianças com transtorno do espectro do autismo em Manaus

Casa-Azul-apoiara-criancas-com-transtorno-do-espectro-do-autismo-em-Manaus.jpg

Em comemoração ao o Dia Mundial do Autismo, celebrado neste domingo (2), a Aldeias Infantis SOS de Manaus lançou, na segunda-feira (3), o projeto Cuida Bem de Mim Casa Azul.  A iniciativa tem como objetivo apoiar 25 crianças de 3 a 12 anos com transtorno do espectro do autismo e em risco social e realizar ações específicas suas famílias, a fim de oferecer suporte no desenvolvimento da resiliência familiar para o fortalecimento dos vínculos afetivos com seus filhos. 

“Com este projeto, vamos apoiar os familiares a amar incondicionalmente seus filhos, celebrando com eles cada passo alcançado”, afirma Nelson Peixoto, gestor do programa. 

A Casa Azul oferecerá estimulação psicomotora, nutrição e atendimento psicossocial, além de encontros individuais, para que se desenvolvam aspectos criativos, comunicação e interação social. Para tanto, o espaço contará com uma equipe multidisciplinar composta por pessoas das seguintes áreas: psicologia, fonoaudiologia, nutrição, serviço social, educação física, pedagogia, entre outras.

O histórico de crianças acolhidas nas casas-lares da organização mostra que famílias em risco social, sem auxílio e perspectiva de vida, veem a criança transtorno do espectro do autismo muitas vezes como um peso econômico e social. Segundo o gestor, investir no desenvolvimento dessas crianças e apoiar suas famílias pode prevenir a separação familiar e o acolhimento institucional.

“A Aldeias Infantis SOS de Manaus tem em seus projetos ações que buscam a proteção, defesa e promoção dos direitos de crianças, adolescentes e de seus familiares. Acreditamos que investir na família é o melhor resultado para o desenvolvimento social pleno e a construção de uma sociedade mais consciente e atuante”, finaliza.