Aldeias Infantis SOS de Caicó - Rio Grande do Norte

Abraçando sonhos de cada criança, jovem, adolescente e suas famílias.

Ano de Inauguração: 1978

Endereço:
Praça da Áustria, s/nº - Castelo Branco - CEP: 59300-000 - Caicó - RN

Contatos:
Tel: (84) 3421-2327 | Fax: (84) 3421-2327
E-mail: caico.rn@aldeiasinfantis.org.br


HISTÓRIA DO PROGRAMA:
 
No dia 13 de maio de 1979 foi fundada a Aldeias Infantis SOS de Caicó (RN) pelo Padre Edmund Kagerer. Ele, que veio da Áustria, se identificou com a cidade e percebeu suas carências. Por isso, decidiu trazer a Aldeias Infantis SOS e ajudar um grande número de crianças da região. Com a mobilização da sociedade e de clubes da época, e com a doação do terreno pela Cohab, foram iniciadas as construções das três primeiras casas lares. Logo depois, começaram as buscas pelas Mães Sociais, um trabalho que na época era diferente de qualquer outro.

O belo trabalho da Aldeias Infantis SOS de Caicó (RN) logo ganhou força. O número de casas lares passou para 12, chegando a acolher 108 crianças e adolescentes do Rio Grande do Norte, da Paraíba e da Bahia. E até hoje, já foram acolhidas mais de 300 crianças, adolescentes e jovens.

Até 2002, o Programa apenas acolhia crianças em situação de vulnerabilidade. No ano seguinte, o trabalho em Caicó tomou uma dimensão muito maior, quando teve início o trabalho de Fortalecimento Familiar e Comunitário. “Tendo sempre em vista os direitos das crianças, iniciamos atividades e ações com o objetivo de identificar potencialidades e habilidades nas comunidades atendidas para, assim, diminuir os índices de abandono e violação dos direitos delas”, conta Júnior Santiago, gestor do programa.

De lá pra cá, muitos jovens conseguiram assegurar seu futuro, estudando, trabalhando e constituindo família. “São jovens que hoje têm graduação em Direito, Biomedicina, Tecnologia da Informação, Educação Física, Química. Jovens que são professores, funcionários de Escola Pública, do Judiciário...” relembra Junior. Segundo ele, todas essas histórias de sucesso são motivadoras, capazes de revigorar a equipe, que atende a todas as demandas do dia a dia com a esperança de que estão contribuindo com o futuro de cada criança, adolescente e jovem atendido.

“É uma satisfação como pessoa, como profissional e, sobretudo, como cidadão poder ajudar para termos uma sociedade mais justa e fraterna. Poder contribuir nessa ressignificação de vida é muito importante”, completa Junior. Mais que um Gestor, ele estabelece uma relação afetiva com todas as crianças, adolescentes e jovens que participam dos projetos da Aldeias Infantis SOS de Caicó (RN). Segundo ele, ser Gestor é muito gratificante.

Por fim, Junior deixou uma mensagem aos atuais e futuros doadores, nossos Amigos SOS: “Acreditem, contribuam e nos ajudem a manter o nosso trabalho. Com o seu apoio, teremos como ampliar o atendimento, auxiliando cada vez mais crianças, adolescentes e jovens”.
 
No data found