Rio Claro | São Paulo

  

Endereço: 

Av. Quarenta, 537
CEP: 13504-140 | Vila Operária
Rio Claro - SP

Contatos 

Fone: (19) 3523-3978 | (19) 3524-8168
E-mail: 
rioclaro.sp@aldeiasinfantis.org.br
Para doar: doe.aldeiasinfantis.org.br/rio-claro

Reordenamento dos serviços com base nas novas políticas é um dos grandes desafios da Organização no município.

“Chegamos lá e a equipe técnica da secretaria havia mobilizado representantes da rede de direitos e proteção infantil para uma reunião extraordinária. O objetivo era avaliar a problemática e atestar o modelo de cuidado oferecido pela Aldeias SOS. Apresentamos nossa missão, atendimento, orçamento, entre outras questões, comprovando a idoneidade e a proposta inovadora de cuidado para a região”, explica Sandra Greco, Gestora Nacional.

A estratégia da secretaria era buscar o melhor apoio para as dezenas de crianças que estavam sem referência e atenção. “Preocupada dia e noite com as crianças acolhidas, minha busca foi constante, sempre pensando em suas vidas e nos seus destinos. Em meu coração sempre guardei a esperança de um dia poder oferecer a elas um lar, ou melhor, uma casa onde tivessem paz, harmonia, fraternidade, onde pudessem brincar, estudar, serem felizes, enfim, tudo que contribuísse para o seu desenvolvimento. A opção pela Aldeias SOS foi feita com estudos e critérios.”, conta Luci Helena Wendel Ferreira, Secretária de Ação Social de Rio Claro.

Mude vidas!

Doe para o Programa de Rio Claro

JUNTE-SE A NÓS!

  

Antes do convite para a reunião, os representantes do município já conheciam o modelo Casa Lar. “Visitamos o trabalho que Campinas já oferece como Casa Lar e concluímos que esse modelo poderá satisfazer as necessidades do nosso município pelo fato de Rio Claro ter sérios problemas com o abrigamento institucional e também pela ONG atender os padrões exigidos pelo Conselho Municipal de Assistência Social e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA. O que nos moveu a escolher a Casa Lar foi justamente o ambiente familiar proporcionado às crianças. A “Cuidadora Residente”, na Casa Lar, poderá oferecer o aconchego de uma família, uma casa normal, com irmãos consanguíneos ou não, mas irmãos morando juntos com atenção, carinho, fraternidade, como pensamos em uma família comum. Com as crianças sendo amadas, respeitadas, com cuidados de saúde, alimentação, moradia e educação, para que no futuro possam ser cidadãos normais, vivendo em sociedade sem nenhuma distinção”. completa a Secretária.

Aprovado o modelo, os próximos passos da Aldeias Infantis SOS foi enviar a equipe técnica para realizar uma profunda escuta com as crianças, fazer o levantamento de toda documentação, escolher as Casas Lares e iniciar a contratação dos colaboradores, já com apoio de Cuidadoras experientes de outros programas. Tudo isso em tempo recorde de um mês.

Segundo a Secretária de Ação Social, as expectativas em relação ao atendimento da Aldeias Infantis SOS são as melhores: “As crianças serão vistas como pessoas, respeitadas e amadas, com direito a convivência familiar e oportunidade de buscar na sociedade, um lugar merecido e respeitado por todos. Confiamos que nesta instituição, essas crianças frequentarão escolas e farão parte do grupo de alunos, seguindo o ciclo normal da vida, tornando-se cidadãos de direitos. Sabemos que esta parceria entre a Prefeitura e a ONG Aldeias Infantis SOS deverá proporcionar o norte desse caminho, com aprendizado das duas partes”.

O Convênio está sendo providenciado pela Prefeitura Municipal de Rio Claro e também pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e Conselho Municipal de Assistência Social, parceiros neste projeto. É um modelo diferente de conveniamento, chamado subvenção, o que oferece “autonomia”. O repasse dos recursos deverá ocorrer por ocasião da estruturação das residências, as quais serão alocadas com recursos da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Ação Social, parceira direta do Projeto. Os recursos cobrirão, ainda, pagamento de pessoal, manutenção e compra de materiais para seu funcionamento.

A previsão é que o convênio seja assinado até o final de março, apoiando 54 crianças, adolescentes e jovens em seis Casas Lares. Também foi apresentado à rede de Rio Claro e Prefeitura o programa de Fortalecimento Familiar e Comunitário, que está em avaliação.

Veja outros programas no Sudeste