5. junho 2019

II Fórum Internacional para o Cuidado Alternativo de Crianças

O encontro aconteceu este mês na República de Cabo Verde, na África.

A Aldeias Infantis SOS Cabo Verde, em parceria com a UNICEF e o Ministério da Família e Inclusão Social, realizaram nos dias 30, 31 de maio e 1 de junho o II Fórum Internacional para o Cuidado Alternativo de Crianças à luz das diretrizes das Nações Unidas.

Sob o lema "Responsabilização Parental", o II Fórum teve como principal objetivo debater o cuidado de crianças e adolescentes no cenário nacional e internacional, visando a construção de uma nova cultura do cuidar.

O Fórum apresentou painéis sobre o tema nos campos filosófico, sociológico, político e pedagógico, além de discutir parâmetros e práticas inspiradoras para qualificar o cuidado e a proteção destinados às crianças e adolescentes que não contam com os cuidados parentais, ou estão em risco de perdê-los.

E ofereceu espaços para apresentação e exposição de produções teóricas e/ou artísticas a respeito do tema visando:

       • Sensibilizar a sociedade no geral sobre a importância do Cuidado na vida das crianças;

       • Sensibilizar a sociedade, o governo e as organizações da sociedade civil sobre a questão da responsabilização parental e sua ligação com a institucionalização de crianças;

       • Influenciar a efetivação das Diretrizes da ONU e Reforçar a Campanha de Responsabilização Parental em Cabo Verde.

A realização da segunda edição do Fórum tem uma importância particular. Em 2019, as Diretrizes sobre os Cuidados Alternativos de Crianças das Nações Unidas completam dez anos. O evento teve parceria e colaboração das Aldeias Infantis SOS presentes nos países de língua portuguesa: Brasil, Angola, Portugal, Guiné-Bissau e Moçambique.


I Fórum Internacional

O I Fórum Internacional de Cuidados Alternativos foi organizado e liderado pela Aldeias Infantis SOS Brasil, em maio de 2015, apresentando o tema para a sociedade como um paradigma fundamental para as relações contemporâneas.

Foi também, durante esse Fórum que foram apresentadas as Diretrizes sobre as Modalidades de Cuidados Alternativos de Crianças e Adolescentes, da ONU.

O fórum é uma oportunidade para debater questões relacionadas com o cuidado de crianças e adolescentes, contribuindo para a implementação da Agenda 2030 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), “não deixando ninguém para trás”.
 

Diretrizes da ONU

As Diretrizes para o Cuidado Alternativo de Crianças das Nações Unidas baseiam-se em dois princípios básicos:

     • Necessidade: que assegura que só se deve avançar para este modelo quando a necessidade desse cuidado for genuinamente imprescindível e que seja o último recurso;

     • Adequação: que recomenda a adaptação das opções de acolhimento às necessidades particulares de cada criança.


A Organização Aldeias Infantis SOS vem ressignificando o seu fazer através do alinhamento político e programático nos 136 países em que atua, face ao marco das Diretrizes sobre Cuidados Alternativos de Crianças da ONU.

Nós lutamos para que nenhuma criança cresça sozinha, você quer lutar por essa causa com a gente?
Seja um doador você também!