janeiro 29 2021

SOS Famílias de Manaus

População sofre com os efeitos da pandemia e você pode ajudar   

 

Nas últimas semanas presenciamos o colapso do sistema de saúde em Manaus (AM). O aumento drástico do número de casos da COVID-19 na cidade trouxe um cenário ainda mais aterrorizador para a população, principalmente para as famílias em situação de extrema vulnerabilidade.   

As consequências sociais, econômicas e psicológicas da pandemia agravaram um cenário que já era preocupante. Mais de 30% das famílias que vivem em Manaus sobrevivem com menos de R$500,00 por mês, sendo que grande parte delas possui até seis pessoas em sua composição familiar. Com o fim do auxílio emergencial e a diminuição do valor do Bolsa Família, elas têm dificuldade de comprar até alimentos para os seus filhos.   

O turismo, um dos segmentos responsáveis por movimentar a economia do Estado, teve uma queda de mais de 70% no faturamento durante a pandemia e milhares de pessoas perderam seus empregos. Em um cenário desesperador, elas buscam alternativas para a geração de renda, como a venda de produtos em semáforos, se expondo ainda mais aos riscos de contaminação pela COVID-19 e a situações de exploração e violência.  

SOS Famílias de Manaus 

Uma resposta à esta situação de emergência é urgente, e por isso, a Aldeias Infantis SOS Brasil lança uma campanha para apoiar mil famílias e seus filhos. São famílias manauaras, quilombolas, ribeirinhas, indígenas e refugiadas, entre outras, que vivem em extrema vulnerabilidade e não possuem o mínimo para sobreviver e se proteger.

A ação tem foco na atenuação da crise sanitária, na promoção da segurança alimentar e na assistência psicossocial às famílias, assegurando os cuidados parentais às crianças.   

Com a sua doação, a nossa ONG irá distribuir cestas básicas, cartões alimentação, produtos de higiene e kits de prevenção contra a COVID-19 (compostos por máscaras, álcool em gel e termômetro), apoiando cada uma dessas famílias durante quatro meses.   

Com o colapso do sistema de saúde e o impacto da pandemia na renda familiar, milhares de pessoas precisam de ajuda para receber o mais básico para sua proteção.  

Imagine não ter o mínimo para sobreviver durante uma pandemia. Você pode fazer a diferença agora!