23. fevereiro 2018

Teatro em prol do desenvolvimento infantil e familiar no NE

Projeto Fortalecer Territórios, Cultura e Saberes traz o teatro como ferramenta de luta contra vulnerabilidade de crianças e suas famílias.

Teatro em prol do desenvolvimento infantil e familiar no NE

Oficinas culturais oferecidas a comunidades vulneráveis das cidades de Araçoiaba e Paulista (PE) e João Pessoa (PB) são os primeiros passos para investir no desenvolvimento de crianças, adolescentes e suas famílias. Esta é a proposta do projeto Projeto Fortalecer Territórios, Cultura e Saberes promovido pela Aldeias Infantis SOS Brasil.

A partir de oficinas de teatro, dramaturgia, cenografia/indumentária, música e dança, patrocinadas por empresas como a Companhia Pernambucana de Gás – Copergás, os participantes realizarão uma peça, Cultivar, na qual resgatam os instrumentos para serem protagonistas de seu próprio futuro.

O público são as crianças e adolescentes que vivem situações de risco e vulnerabilidade social, atendidos diretamente pela organização nos três municípios -- 300 crianças, 90 famílias e, indiretamente, 500 pessoas das comunidades.

"O objetivo geral desse projeto é o de fortalecer famílias e comunidades a partir de seu território, de sua cultura e dos saberes que ali estão para prevenir o abandono e violações aos direitos de crianças e adolescentes", explica a gestora nacional da Aldeias Infantis SOS, Sandra Greco.
 

Investimento Social

A iniciativa só pode acontecer graças ao investimento social de empresas como a Companhia Pernambucana de Gás – Copergás, que tem apoiado à Aldeias INfantis SOS Brasil no Nordeste desde 2017.

No final do ano passado, os colaboradores da empresa tiveram a oportunidade de conhecer de perto o trabalho da organização, quando visitaram programa de Araçoiaba (PE). L[a puderam conhecer de perto o Centro Social do município, onde a organização realiza um trabalho com cerca de 130 crianças.

No centro social, elas e suas famílias podem são matriculadas em aulas no contraturno escolar, programas de lazer e cultura, como o Maracatu Mirim e o Projeto Fortalecer, além de capacitação de jovens para emprego e geração de renda e o trabalho social com as famílias.