Aldeias Infantis ganha Prêmio SESI ODS 2017

Com modelo único de atendimento, Projeto Escola de Pais, realizado em Foz do Iguaçu (PR), recebeu reconhecimento por cumprir com excelência seus objetivos

aldeias-infantis-ganha-premio-SESI-ODS-2017.jpg

O 1º lugar no Prêmio SESI ODS 2017, na categoria Terceiro Setor - Federal. Esta é a mais recente conquista da Aldeias Infantis SOS Brasil,  recebida pela equipe do programa de Foz do Iguaçu (PR), responsável pela criação e execução do projeto Escola de Pais, uma proposta inédita no fortalecimento familiar e comunitário.  

Anunciado vencedor do Prêmio SESI ODS – 2017 na noite de 17 de outubro, o Escola de Pais também foi contemplado com o Selo SESI ODS, que certifica o impacto causado em relação ao atingimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU, em 2015.

Para Alex Thomazi, gestor do programa de Foz do Iguaçu, o reconhecimento reforça a importância do cuidado no desenvolvimento e no fortalecimento de vínculos familiares. “Agradeço imensamente aos voluntários, colaboradores, investidores e a cada um daqueles que acreditaram no projeto Escola de Pais, e em especial às famílias que participam desta proposta. Estou feliz pelo reconhecimento deste importante prêmio, certo de que a prevenção é a melhor resposta ao direito de viver em família.”

Iniciativa premiada
Lançado em 2015, o Escola de Pais preveniu o acolhimento institucional de 32 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, possibilitando a economia de cerca de R$ 800.000,00 para os cofres públicos.

A ação – que atende três comunidades de Foz do Iguaçu (Lagoa Dourada, Portal da Foz e Cidade Nova) – garante que a criança permaneça em casa, com o estabelecimento de um ambiente seguro, promovido com o apoio de assistentes sociais e psicólogos. Esses profissionais geram ações de reintegração, além de orientarem pais e mães sobre como criar