18. dezembro 2018

Espetáculo com crianças emociona público

Peça fez parte do projeto Fortalecer: Território, Cultura e Saberes

Neste mês de dezembro, a Aldeias infantis SOS em João Pessoa realizou o espetáculo Mundo dos Sonhos. A apresentação, resultado de oficinas artísticas do projeto Fortalecer: Território, cultura e saberes oferecidas nas comunidades de São José, Cidade Verde e Castelo Branco, foi realizada por parte das 100 crianças participantes das oficinas.

O roteiro da peça foi desenvolvido pelo educador do projeto, ator e diretor Hugo Lucena e trouxe de forma lúdica questões como abuso sexual, trabalho infantil, insegurança e outras violações de direitos que crianças sofrem cotidianamente em suas comunidades. "Fiz um texto pensando na lenda de que todas as crianças do mundo quando dormem se encontram em um único sonho e se transformam no que querem ser: super-homem, rainha, guerreiros, animais mas que se deparam com o bicho-papão, que leva as crianças para o mundo dos pesadelos," diz Hugo.
 
No enredo, Pedro, um dos personagens é capturado pelo Bicho-Papão para dentro do Baú dos Pesadelos. Ana, João e Paula, amigos de Pedro, entram pelo baú em busca do seu amiguinho e precisam tirá-lo das garras do monstro até o dia amanhecer, ou o Pedro ficará preso ao Monstro pelo resto da vida.

No caminho para resgatar o amigo, os aventureiros encontram crianças sem esperança, que não sabem o que é brincar e as ajudam a tornarem-se crianças. "Foi um espetáculo que trouxe a reflexão sobre a realidade de muitas crianças atendidas por nós mas que também traz a esperança," diz Rita de Cassia, Assistente de Desenvolvimento Familiar e comunitário da Aldeias infantis e coordenadora do projeto.
 
Durante o espetáculo era visível a emoção das famílias, que lotaram o teatro de quase 300 lugares. "Nunca pensei que minha filha poderia se apresentar em um teatro, como um profissional. Foi lindo, estou orgulhosa," diz Graça, mãe de Gabi, uma das protagonistas.
 
O projeto Fortalecer: Território, cultura e saberes teve o apoio em João Pessoa da Duratex e se encerra neste mês de dezembro com resultados muito positivos. Para o próximo ano, a Aldeias Infantis SOS já planeja ampliar as oficinas de forma a desenvolver ainda mais as habilidades artísticas das crianças.

"Trazer um projeto de cultura para comunidades vulneráveis é estimular o pensamento crítico e a criatividade nas crianças. Já podemos ver aqui muitas crianças talentosas nas oficinas e o espetáculo só comprova que é só apoiar que o talento aparece," diz Ana Felix, gestora do nordeste.